Hospital de Cirurgia | Urologista do Hospital de Cirurgia conscientiza sobre prevenção, sintomas e tratamento da Incontinência Urinária
1141
post-template-default,single,single-post,postid-1141,single-format-standard,mkd-core-1.0.1,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,mkd-theme-ver-1.0.1,smooth_scroll,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2,vc_responsive

Urologista do Hospital de Cirurgia conscientiza sobre prevenção, sintomas e tratamento da Incontinência Urinária

Urologista do Hospital de Cirurgia conscientiza sobre prevenção, sintomas e tratamento da Incontinência Urinária

Hoje, 14 de março, é o Dia Mundial da Conscientização sobre a Incontinência Urinária, campanha instituída para incentivar a divulgação de informações sobre prevenção, sintomas e também lembrar que há tratamento para a perda involuntária da urina. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, a Incontinência Urinária atinge mais de 10 milhões de pessoas no Brasil. 

Dr. Luciano Franco “a prevenção é cuidar da saúde e fazer atividade física regular”

 

O Coordenador do Serviço de Urologia do Hospital de Cirurgia, Dr. Luciano Franco, explica que tanto mulheres quanto homens podem apresentar Incontinência Urinária. No sexo feminino, é mais frequente em mulheres acima dos 40 anos, principalmente as que tiveram parto normal, pois isso gera uma modificação na anatomia da pelve. Ele expõe que os dois tipos mais comuns são: Incontinência Urinária de esforço, que está associada ao esforço físico e ocorre quando a paciente espirra, tosse ou pega algum peso, e a de urgência, que ocorre porque depois de uma certa idade, a bexiga começa a ficar mais sensível, com isso a vontade de urinar surge mais rapidamente e às vezes não dá tempo de chegar ao banheiro.

 

Nos homens acontece com mais frequência a partir dos 50 anos de idade e, diferente das mulheres, só desenvolvem a Incontinência Urinária de urgência.“Com o aumento do volume da próstata, ocorre também uma mudança das terminações nervosas, então a bexiga fica mais sensível, podendo gerar Incontinência Urinária de urgência”, esclarece o Urologista. A partir dos 45 anos já é indicado que o homem faça uma avaliação prostática com o Urologista e se for detectado no momento certo, dificilmente irá desenvolver a incontinência. Importante ressaltar que o diagnóstico precoce pode retardar a evolução do quadro.

 

O tratamento da Incontinência Urinária varia de acordo com o tipo, a causa e a gravidade de cada caso, podendo ser controlada através de tratamento clínico e até mesmo de cirurgia. Dr. Luciano explica que “A avaliação preventiva anual é fundamental e tanto nos casos em mulheres quanto nos homens, a  prevenção é cuidar da saúde, fazer atividade física regular, principalmente aeróbica, para desenvolver a musculatura perineal e, consequentemente, aumentar a resistência, diminuindo assim a incontinência”, ressalta.

 

Recomenda-se ficar atento aos sintomas da Incontinência Urinária, dentre eles a dificuldade de segurar a urina ou o aumento do número de idas ao banheiro, devendo sempre procurar um Urologista para uma melhor avaliação.